banner

 

Rede Intermunicipal de Bibliotecas da Região de Setúbal assinala o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor

O Dia Mundial do Livro foi estabelecido pela UNESCO em 1995. A data assinalada, 23 de abril, foi um marco para a literatura a nível mundial, porquanto coincidiu com o falecimento de Miguel de Cervantes, pelo nascimento de Vladimir Nabokov e ainda pelo nascimento e morte do poeta e dramaturgo William Shakespeare.

23 de abril é o dia por excelência para marcar a importância do livro como bem cultural, tão essencial para o desenvolvimento da literacia e do conhecimento.

Viver a pandemia e os diversos períodos de confinamento, ajudaram a relevar a importância do livro, que se afirmou como uma ferramenta essencial de combate ao isolamento.

Celebrar este dia é fundamental para enaltecer a importância da leitura, estimular o desenvolvimento de pequenos e novos leitores.

A Rede Intermunicipal de Bibliotecas da Região de Setúbal vem assim assinalar o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, convidado o público em geral a testemunhar e expressar seu amor e gosto pela leitura, através de uma série de atividades que decorrerão nas suas bibliotecas!

 

 

Conheça algumas iniciativas desenvolvidas nos Municipios da Região aqui!

 

 

 

 

CAIXA AZUL

+INFOAQUI

 

 

VISITA VIRTUAL 360º

BIBLIOTECAS MUNICIPAIS DA REGIÃO DE SETÚBAL

A visita virtual é na realidade um complemento à visita física e numa altura em que o condicionamento é grande este serviço pretende mostrar as Bibliotecas da Região de uma forma virtual, capaz de elucidar a sua adaptação às regras gerais de saúde pública e acolhimento da população mas, constitui-se também como fazendo parte de uma nova publicação da Rede, à luz do que foi sendo feito com os seus roteiros em edição de papel.

Será possível com este projeto, entrar numa vista virtual das bibliotecas centrais da Região (Alcácer do Sal, Alcochete, Almada, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela, Santiago do Cacém, Seixal, Sesimbra e Setúbal.

Para além disso cada uma destas bibliotecas após larga discussão em Rede adaptou as suas realidades aos normativos em vigor e à capacidade humana e logística para melhor servir a sua população e utilizadores, almejando um serviço público seguro, eficaz e de qualidade.

AAALCACERAAALCOCHETEAAALMADAAABARREIROAAMOITAAAMONTIJOAAPALMELAAASANTIAGOAASEIXALAASESIMBRAAASETUBALAAZZZ

desenvolvido 1